Enfim a transcrição da entrevista feita pelo jornal norte-americano USA Today com os nossos nosso trio Twilight. Segue o texto:

"CHICAGO -Despenteado, Robert Pattinson tem uma risada alta e contagiante que seu vampiro sedutor, Edward Cullen, nunca daria.
Musculoso e polido, Taylor Lautner é fichinha em comparação com a estatura de seu homólogo lobisomem, Jacob Black.
Leve e Casual, Kristen Stewart pode ser uma tagarela real, ao contrário de Bella Swan, sua personagem sem jeito, romântica, e pivô da guerra entre esses dois objetos de desejo do sobrenatural adolescente.
Garota de sorte, né? "Sim, mas isso é nos filmes", diz Stewart sobre trazer para a vida a heroína gótica dos tempos modernos da série insanamente popular Twilight (85 milhões de cópias vendidas até agora). "Eu sou apenas um fã final. Se você ler uma história e você gosta e se conecta a ela, isso provavelmente significa que você inseriu-se na história, e eu consigo fazer isso no nível mais glorificado possível."
A fantasia de Hollywood regularmente combina com a realidade cotidiana dessas três estrelas em ascensão. Levou um tempo para um comunicador cultural como Oprah Winfrey se impressionar sobre o fervor por trás do fenômeno literário gerado. Mas numa manhã, no início de maio, a febre Crepúsculo atracou na Harpo Studios com os atores na área de backstage, depois de gravar um show que foi ao ar quinta-feira, dia 13. A ocasião? Eclipse, o terceiro capítulo de uma franquia já bilionária em todo o mundo em 30 de junho.
Os atores são imperturbáveis pelos gritos de adoração de uma platéia em grande parte mulheres, muitas delas divididas em Teams Twilight - Team Edward e Team Jacob, estão devidamente representados - e todos escolhidos a dedo por sua paixão pela série de filme épico baseado na saga da autora Stephenie Meyer em quatro partes.
"É tão bom, às vezes, pregar aos convertidos", diz Pattinson, 24, o símbolo sexual londrino e principal razão para os gritos. Graças aos seus fiéis devotos, ele foi elevado de um pouco conhecido personagem de Harry Potter para uma das 100 pessoas mais influentes do mundo segundo a Times em menos de três anos. Eles não sabiam que na noite anterior em uma seleção patrocinada pela Winfrey ouve um screening de cenas de Eclipse. Mais tarde, uma tempestade de Tweets de fãs repleto de "OMGs" jorraram sobre a sequência que já teve "Crepúsculo" em 2008 e "Lua Nova" no ano passado.
Depois de Stewart, 20, meticulosamente assinar o livro de visitas de Winfrey e Lautner, 18, parar de praticar seu truque de magia com uma uva, o cast sentou-se num sofá de couro para falar sobre temas como os momentos de Eclipse, e que o futuro pós-Twilight detém.

O jogo da fama

Mas, em primeiro lugar, a dor da fama que vem de estar na lista dos mais procurados pelos paparazzi. Quando New Moon estreou no outono passado, nem um dia se passou sem se ver uma manchete sobre Lautner e a cantora de country Taylor Swift ou a especulação sobre se Pattison e Stewart são um casal na vida real.
Embora, ultimamente, a agitação tenha se acalmado um pouco, a julgar pelas revistas Twilight nos caixas de supermercado. "Eu não sei se esta é a verdadeira razão, mas nós ficamos mais escondidos ao longo do ano passado," Pattinson diz.
"Isso é totalmente a razão", concorda Stewart. "Eles só podem inventar uma história com as fotos. Se eles nunca conseguem a imagem, não há história. Somos bons em nos esconder agora."
Esses subterfúgios inclui não confirmar nem negar que eles têm um relacionamento. No entanto, há claramente algum tipo de ligação especial entre os dois, com suas provocações lúdicas e apartes pessoais. Vamos apenas dizer que não foi Lautner que colocou a mão na perna de Pattinson durante uma parte da entrevista.
Stewart entra em pânico quando vai conferir se escreveu corretamente no livro da Oprah.
Pattinson ri. "Eu quase soletrei Oprah errado. Eu quase escrevi Opera."
Os atores estão ansiosos para saber como Eclipse repercutiu para a multidão que viu o screening e estão satisfeitos por saber que cada elemento tem sido intensificado: o horror, o romance, a interação de três vias entre seus personagens, o toque de humor que muitas vezes vêm as custas da rivalidade de Edward e Jacob - especialmente depois que forjam uma aliança para salvar Bella de um grupo de sedentos vampiros recém-nascidos.
Stewart fala da recepção positiva de Eclipse desde cedo: "É uma máquina bem calibrada neste momento. Tivemos muito tempo para estabelecer as coisas e um monte de tempo para analisá-lo. E eles nos deram muito mais dinheiro neste momento. Portanto, é emocionante. "
Pattinson, olhando confuso, rapidamente esclarece sua afirmação. "Para o filme. O orçamento".
Stewart está mortificada. "Oh, meu Deus. Não, não. Isso não ocorreu comigo. Eles nos deram muito mais dinheiro para fazer o filme ficar bem!"
Conseguimos levantar os montantes - Stewart e Pattinson estão levando para casa $7,5 milhões cada, acrescido de um percentual do faturamento bruto, Lautner recebe $5 milhões - enquanto a produção cresceu de orçamento para $ 65 milhões, ainda modesta comparada com concessões similares.
No entanto, os milhões de dólares extras foram gastos, especialmente com os efeitos. O mesmo lobo de Lautner em CG é mais adorável do que em New Moon. "Sim", diz o ator, timidamente. "Ele era muito fofinho. Eu não sei se era isso que estávamos buscando."
Ele brincou e falou sobre a cena em que está transformado em lobo, dialogando com a Bella sobre ele não ir para a guerra e ela coça a orelha. Depois de um pouco de persuasão, ele cede. E ele não participa da cena, apenas seu lobo em CG. (computadorizado)
"Aquele dia eu cheguei no set e coloquei este terno cinza spandex apertado ..."
"Ali tinha um diálogo e eu falo com ele", explica Stewart. "Eu disse, 'Como eu vou fazer isso sem Taylor?" Então, em vez da atriz fingir q falava com um lobo enorme animado por computador, Lautner, que estava por perto, se ofereceu para ser seu substituto.
"Basicamente, ele parecia um Teletubby", continua ele sobre sua roupa. "Eu tinha esse círculo no rosto, mas tudo foi coberto. Foi estranho. Mas, sim, eu estive lá e literalmente curvei-me ..."
"Eu gostaria realmente de ter essa cabeça de bichinho de estimação", acrescenta Stewart.
Pattinson, entretanto, esforçou-se bastante com a proposta formal de Edward para Bella, que reflete o fato de que, apesar de seu aspecto vintage, de vampiro de 17 anos, ele vem da virada do século passado.
"Eu temia o dia em que estava vindo", diz ele sobre a cena que foi realizada até o final das filmagens. "A primeira vez que li o roteiro, pensei 'Isso é impossível." "As referências a 'passeios' e 'chá gelado partilhados na varanda', como Edward explica como ele teria cortejado Bella nos velhos tempos, especialmente preso em sua garganta. É tão sério. Finalmente convenci os produtores que você pode fazer isso com um pouco de consciência de não ser um personagem fictício. Eu não estou tentando ser parte de um romance gótico".
Quando Pattinson finalmente se assistiu, porém, ele foi teve uma agradável supresa. "Parece diferente quando você vê."
Seus perfis têm crescido a cada filme, e status de celebridade não lhes dão a oportunidade de conviver com os seus próprios ídolos. Embora, na maioria das vezes, as outras estrelas são os deslumbrados, pedindo autógrafos para seus filhos enlouquecidos por Twilight.
"Eu tirei uma foto com Ron Howard no ano passado no Oscar," Pattinson lembra. "Eu pensei que era a coisa mais engraçada. Eu perguntei: 'É para seus filhos?' Ele disse, 'Não, é para mim. Eu quero tê-lo em meu telefone. ' " Para deixar a situação ainda mais estranha: a filha de Howard, Bryce Dallas Howard, que está em Eclipse.
Infelizmente, Pattinson ainda não tirou foto com o seu favorito, Jack Nicholson.
Stewart se gaba: "eu tenho".
Pattinson: "O quê? Quando vocês se conheceram?"
Stewart: "Em uma seleção de Into the Wild", drama de época, de 2007, dirigido por Sean Penn. "Foi exatamente como você acha que ele seria."
Pattinson, parecendo irritado: "Você nunca me disse isso."
Lautner junta os polegares "Eu não o conheci, mas eu me sentei ao lado dele em um jogo do Lakers".
Pattinson, completamente exasperado: "O quê?"

A vida além "Twilight"

Próximo assunto. Os três estão ativamente tentando se afastar da imagem Twilight, fazendo projetos solo entre os filmes. Stewart e Pattinson, fizeram os últimos lançamentos, a biografia da girl band "The Runaways" e do melodrama romântico "Remember Me".
Mas eles continuam a ser a procurados para papéis mais maduros. Stewart está empolgada por fazer parte de uma versão para cinema de Jack Kerouac, "On the Road", que começa a ser rodado em agosto. Pattinson se envolveu recentemente num trabalho em Londres, filmando Bel Ami como um pária social do século 19, escalado juntamente com Kristin Scott Thomas, Uma Thurman e Christina Ricci. Ele vai pra cama com todas três?
"Sim, mas não são como todas as típicas cenas de amor", diz ele.
Stewart adiciona : "Eles são todos um pouco estranhos. Um pouco nervosos. E um pouco nús." (risos).
Enquanto isso, Lautner - um atleta natural que interpretou uma estrela da High School na comédia Valentine's Day - parece estar se desdobrando para se tornar o herói de ação no próximo grande papel de suspense em "Armstrong Stretch", uma aventura 3D, baseado em um musculoso boneco de brinquedo.
Alguma vez ele próprio teve um dos bonecos, cujos membros podem ser puxados e alongados, como caramelo? "Eu não lembro de ter um em minha casa, mas eu me lembro de se esticarem".
Depois, há a última fase de Twilight: Breaking Dawn, que estréia em 18 novembro do próximo ano. O quarto livro, e presumivelmente o último, é tão cheio de vida, alterando eventos - um casamento, o sexo pela primeira vez entre Bella e Edward, um parto grotescamente doloroso - que se tem falado em fazer dois filmes. E pode até ser em 3D.
O que realmente foi decidido é que o diretor de Breaking Dawn será Bill Condon, o mesmo cineasta de Dreamgirlsand e roteirista indicado ao Oscar de Chicago.
Eles já conhecem Condon - que já postou uma carta no Facebook para tranquilizar os fãs de sua apreciação do material e que o filme definitivamente não será um musical, apesar de seu currículo?
Lautner acena que sim.
Pattinson: "Quando você o conheceu?"
Lautner: "Um dia".
Stewart: "Você tiveram um encontro?"
Lautner: "Não, não."
Pattinson: "Eu literalmente o conheci três noites atrás."
Stewart, simulando irritação: "Bem, obviamente ele não quer me conhecer." "


Tradução: BlogTwiBrasil (Thx) / Adaptação: Twilightemania

3 comentários:

  1. Monica Marinho disse...

    Muito legal a entrevista. E Robert consegue ser muito bobo com as expressões de "Whaaaath" que ele faz, como se nunca soubesse de nada ou sempre fosse o último a saber das coisas. Adooooro!!!! E a Kristen vai na onda né? O Tay fica meio de coadjuvante nessa história, mas sempre consegue se sair bem tb e não ficar de "vela".  

  2. Grasyelly disse...

    hauhsuahsuh
    Ficar de "vela" foi ótiimo!!!

    O Rob eh mtooo fofo! *_*

    rs  

  3. Marye disse...

    kkkkkkkkkkkkk gostei achei legal o final kkkkkkkkkkkkk aiaiaiai esse trio é muito bom
    beijos lindas

    Marye  


 

...