LOS ANGELES (Reuters) - A atriz de "Crepúsculo" Kristen Stewart pediu desculpas nesta sexta-feira por ter comparado sua fama relutante e o frenesi de mídia que a cerca a ser estuprada, dizendo que cometeu "um grande erro".

Conhecida por ficar pouco à vontade com o circo de mídia que cerca seu papel de Bella Swan na franquia de enorme sucesso, a atriz de 20 anos foi criticada por fãs e por grupos de vítimas de estupro por ter comparado o que ela vive no tapete vermelho a uma agressão sexual.


"As fotos são tão... Me sinto como se estivesse olhando alguém ser estuprado... Boa parte do tempo não consigo lidar com isso", disse Stewart à edição de julho da revista Elle britânica, em declarações divulgadas na quarta-feira.

Ironicamente, Stewart representou uma vítima de estupro no filme "Speak - O Silêncio de Melinda", de 2004, e foi porta-voz do grupo Rede Nacional de Vítimas de Estupro, Abusos e Incesto (RAINN).


"Realmente cometi um erro enorme -- obviamente e claramente. E lamento muitíssimo minha escolha de palavras", disse Kristen Stewart à revista People enquanto estava na Coreia do Sul para divulgar o lançamento, em 30 de junho, de "A Saga Crepúsculo: Eclipse."

"'Violada teria sido uma maneira melhor de expressar a ideia", ela disse. "O fato de as pessoas acharem que sou insensível em relação a esse assunto me deixa arrasada. Cometi um grande erro."


Nesta semana, a RAINN descreveu como inapropriadas as declarações dadas por Stewart à Elle, observando que o estupro é um crime violento, e não uma simples ingerência.
O grupo disse nesta sexta-feira que "aprecia o pedido sincero de desculpas de Kristen Stewart por essas declarações" e que espera trabalhar com ela novamente no futuro.


Kristen Stewart e seu colega Robert Pattinson viraram ídolos teens internacionais a partir do fim de 2008, com o sucesso do primeiro filme "Crepúsculo" sobre o caso de amor entre uma estudante tímida e um vampiro.
Mas Stewart tem se queixado com frequência sobre o efeito que vem tendo sobre sua vida pessoal os três filmes baseados nos livros best-sellers de Stephenie Meyer. Um quarto filme, "Amanhecer", tem lançamento previsto para novembro de 2011.

(Reportagem de Jill Serjeant)

2 comentários:

  1. Mendy disse...

    deve ser um porre ser famosa e ter que ficar pensando em casa palavra neh???  

  2. Marye disse...

    Tadinha dela foi infeliz na escolha da palavra, foi uma escolha errada mesmo pobre Kris, já tinha medo da midia agora então vai ficar com mais medo ainda de falar alguma coisa, e sobre ser violada teria sido tão ruim quanto. Mas foi legal ela pedir desculpas e se explicar. Ela tem 20anos e da noite para o dia se viu famosa a ponto de não poder comprar um sorvete na esquina, isso é foda gente!!!!
    Infelizmente quanto se é famoso tem que pensar em cada gesto, em cada palavra se não tudo vira uma verdadeira guerra, coisa que nós que não somos famosos nem damos importancia, falamos do nosso jeito e passa batido.
    O importante é que ela teve coragem de admitir que errou e se desculpas, coisa que muitos famosos não tem.

    beijos,


    Marye  


 

...