Pensamentos traiçoeiros
Papai sabia ser desagradável quando queria. Se bem que ele tinha razão em um ponto: apesar da conciliação feita entre lobos e vampiros depois daquele encontro com os Volturi, o acordo de não invadirmos o território deles ainda estava de pé. Jake como alfa da sua matilha, tinha poder de decisão, mas só a usou uma vez, quando foi muito necessário. Ele não pretendia afrontar ninguém. Não sem necessidade. Alguns anciões do conselho não nos viam com bons olhos. Mesmo quando Sam, Jake, Billy e Sue nos defenderam na última reunião que fizeram para tentar redefinir alguns pontos do tal acordo. Eles tentaram, por exemplo, abrir uma exceção para mamãe e papai (os futuros sogros de Jake), ao menos. Mas o máximo que conseguiram foi uma concessão para mim e Carlisle. No meu caso, por ser diferente dos demais vampiros e não oferecer "perigo". E Carlisle por ter se mostrado confiável e prestativo da vez que cuidou dos ferimentos de Jake em sua casa. 
Mas eu não podia deixar que papai respondesse por mim naquele momento. Afinal, eu já era quase uma adulta e era a minha vida que estava em jogo.
_ Eu vou para La Push. Você sabe que tenho permissão para entrar em território quileute e se é lá que Alice está dizendo que vou estar segura, ao lado de Jake, então é para lá que vou...
_ Renesmee Carlie Cullen... _ quando papai dizia o meu nome completo, era porque não vinha boa coisa. Por isso, não lhe dei nem a chance de terminar.
_ Sr. Edward Cullen “Superprotetor”, ao menos uma vez me trate como alguém que já pode decidir a própria vida.
_ Edward..._ Dei graças a Deus quando mamãe interferiu com aquela doce voz capaz de dobrar o papai em qualquer circunstância. _ Acho que Nassie tem razão. Ela já não é mais uma garotinha. E, além do mais, se Alice acha que Jake poderá protegê-la...
_ Mas Bella...
_ Por favor, Edward! _ mamãe disse a palavrinha mágica, "por favor", de um jeitinho que só ela sabia fazer. E eu, como já tinha aprendido sua técnica, aproveitei para reforçar o pedido...
_ Por favooooor, papai _ caprichei na voz dengosa desta vez.
_ Vocês sabem me convencer, não é? E a senhorita, Nassie, se empolgue menos nas comemorações.
Saco! Não pude conter meus pensamentos dessa vez, mas ainda assim, me fiz de desentendida...
_ Comemorações? Viu algo em meus pensamentos?
_ E precisa? Você é minha filha e a conheço o suficiente. Pode ir para La Push, mas com uma condição: vai ficar na casa de Sue. Nada de dormir naquela casinha apertada com Jacob. Ainda mais com Billy doente e com a irmã de Jack por lá. Você só iria incomodar. Caso Sue não se importe, você fica lá em sua antiga casa. Podemos pagar um aluguel à ela, pelo tempo que precisar ficar.
_ Você não vai poder evitar o inevitável durante muito tempo Edward! _ avisou Alice, mostrando visões a papai que não o agradaram nada.
_ Me poupe de suas visões sobre isso, Alice! Por favor!
_ Tá bom. Só queria que soubesse que não adianta...
_ Já sei, Alice. Basta!
_ Tá bom, não precisa se zangar, Ed.
_ Não acho que Sue vá querer qualquer pagamento para que Nessie fique em sua casa de La Push _ mamãe tinha um grande carinho por Sue, principalmente por saber que ela era a responsável pela nova fase de Charlie. Vovô era outro homem, renovado e feliz por encontrar o amor de sua vida após tantos anos sozinho. Agora ele tinha alguém para amar e amá-lo, e também para cuidar dele - principalmente de sua alimentação -, além de compartilhar tantas novidades em sua vida. Novidades essas nada comuns e que ela saberia entender melhor que ninguém. Afinal Sue tinha dois filhos lobos, não havia nada de extraordinário saber que vovô tinha uma filha, uma neta e um genro vampiros.
Mas voltando à questão "ida à La Push" e da decisão de eu ficar na casa de Sue, realmente foi um balde de água fria nos meus planos. Meu pai tinha que ter lembrado da casa de Sue? Léa estava vivendo em Port Angeles e Seth havia se mudado para a casa de Charlie com Sue. A casa realmente estava vazia. Ham? Vazia? Oh! Isso até que não era de todo ruim... Uma casa vazia, em La Push, pertinho de Jacob...meus pensamentos voaram e... me traíram...
_ Renesmee!!! _ a voz indignada de papai me fizeram ir das nuvens ao chão duro, sem pára-quedas. Fiquei multicolorida de constrangimento. Conter certos pensamentos não eram fáceis.
_ Desculpe-me papai... _ "preciso me conter, preciso me conter", pensei fortemente.
_ Isso não vai dar certo... _ resmungou papai, de olhos fechados, balançando a cabeça negativamente, como se quisesse expulsar de sua mente os meus últimos pensamentos.
_ Foi só um pensamento bobo, paizinho, não acredite em tudo o que aparece em minha mente. São apenas...errr... pensamentos
Não me ocorreu nada melhor que isso na hora. Passei a pensar no mar de La Push, que havia visto apenas uma vez, mas cuja beleza ficara gravada em minha memória como um cartão postal. Invadi minha mente com aquele oceano e seu imenso, maravilhoso e misterioso mundo subaquático que eu pretendia conhecer um dia. Peixinhos, golfinhos, ouriços do mar... "Se concentre, Nessie..."
Nota da autora: Por enquanto, minha imaginação só me permitiu escrever até aqui. Assim que o resto da história fluir, publicaremos...

17 comentários:

  1. Anônimo disse...

    Adorei, continue escrevendo.
    beijos  

  2. Anônimo disse...

    simplesmente otimo kkkkkk to adorando essa menina ela é muito ligeira kkkkkkkkkkk
    porem tadinha ter um pai que le mente não ajuda muito kkkkkkkkkkkk tadinha né, mas adorei isso muito bom ele ainda vai ter que pagar muito ela com a coisa de ler o pensamento.

    beijos... Marye.  

  3. R. Pattz News disse...

    SAUHSAHUSAHSUAHUSA
    Quem não teria pensamentos traiçoeiros?  

  4. Krol disse...

    OMG!!!Amei as Histórias de Reneesme....*-*
    Fiko impaciente esperandu a proxima...vc sabe escrever mtu bem...Parabéns....S2  

  5. Monica Marinho disse...

    Valeu! Só tô precisando de tempo para passar o restante p/ o computador. Mas assim que tiver o próximo, te aviso. Bjk!  

  6. Anônimo disse...

    Não vai mais escrever, eu to amando a historiato,to loucaaaaaaaaaaaaaaaaaa pra saber o que vai acontecer.
    BIG BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOSSSSSSSSSSSSSSSSSS  

  7. Monica Marinho disse...

    Vou escrever sim, é que esses dias está tudo uma loucura e ficou ainda pior com a vinda desses dois. Não consegui parar. Mas pode deixar que quando tiver mais te aviso. Vc será a primeira. Bjoooooooooooos!  

  8. I Love Twilight Brasil disse...

    O que será que a Nessie imaginou...com Jake e uma casa vazia em La Push...OMG e Jake não é Edward para se segurar por muito tempo...
    Ainda bem que a estória já está adiantada e eu estou atrasada.
    Estou amando Monica...  

  9. Anônimo disse...

    super legal que pena que nao vai acomtecer no filme de verdade  

  10. Anônimo disse...

    Affs! Preferi a outra versão do Livro de Reneesme! Não gosto da idéia dela com o Jacob!
    Não suporto o Jacob...  

  11. Grasyelly disse...

    ameiiiiiiiii!  

  12. keka disse...

    oiiiii....
    amei e olha q so li ate o 5 capitulo...
    continua.....sei q tem gente q vai odiar + nao ligue.pois de todos os LIVROS DE RENESMEE,esse é o melhor.......
    bjs....
    keka..  

  13. Bru disse...

    vc escreve muitoo bem viu tó adorando a historia e fiko completamente distraida quando começo a ler continue assim ki vc vai longe
    tó loka pelos proximos capitulos
    obs:o nome dela é Renesme Carlei Cullen blz bjus
    Bruna  

  14. Loraine disse...

    Estou adorando, cada vez mais empolgada!!! Rsrsrsrs  

  15. MiMi disse...

    é ..ham..simplesmente perfeito!
    Agradeço a vc por est me proporcionando tamanha felicidade!  

  16. janaina disse...

    amei vc escreve muito bem, eu comecei uma historia so que não conseguir desenvolver minhas ideias. mas meus parabens!!!  

  17. Monica Marinho disse...

    Que bom que vc está gostando, Janaína. E não desista da sua história. Vai com calma. Conforme as ideias forem surgindo, você vai escrevendo. Quando você ver, sua história começará a fluir, a ganhar vida própria. =)  


 

...